Monday, 29 June 2009

Michael Jackson, filhos e a vida hoje...

Me peguei pensando nessa do MJ ontem de manha, domingo. Aliás belíssimo domingo, com um sol maravilhoso e uma temperatura bem agradável. Eu tava no ar, fazendo horário na radio. E parece que foi ontem que eu via uma gaelra imitando os trejeitos do MJ, com seus chiliques elétricos e com suas batidas extremamente contagiantes...tá, tem uma fase ruim...mas quem não tem? E me deparei com essa fissura de não envelhecer, de não ver o tempo passar, de olhar para o lado e perceber que sim, todos nós estamos envelhecendo. Ele me parecia que não, eu tinha sempre a sensação de ver o mesmo cara que eu vi lá nos anos 80...mas já não era mais. Ainda esses dias eu falava como Jorej sobre tudo que tinha acontecido com ele e que a gente ouvia e via falarem, sobre os abusos infantis e tudo mais...mas eu sinceramente não acredito nessas acusações, penso que esse cara aí não teve sequer tempo de ser criança, de andar de mão com os pais, de correr no parque. Tanto é que ele comprou um parque pra ele, e a impressão que eu tinha era que ele simplesmente se divertia muito com tudo aquilo, mas uma diversão livre de perversões, mas isso é o que eu acredito. Olhando o meu filho andando no brick da redenção comigo eu tive essa sensação, de que o rei do pop nunca fez isso com os pais dele e sequer soube o significado de tantas coisas legais que rolam entre pai e filho. Nessa loucura toda de permanecer jovem, de permanecer em forma, de ser o verdadeiro rei, ele meio que se perdeu na loucura toda...ou não.
Era isso...

4 comments:

karen waleria said...

Bem diferente teu post sobre o MJ...Todo mundo, inclusive eu no meu modesto blog,falo só da figura pública,do mito...e tu de uma maneira ìmpar se voltou para o ser humando tão esquecido no caso dele.Parabéns pela sensibilidade,pelo teu feeling.
Com certeza vou voltar aqui..posso?
um abraço

Tônia said...

Ele sofria da Síndrome de PEter Pan. #fato. Eu acredito que ele foi um cara extremamente infeliz mesmo fazendo o que gostava.
No meu orkut tá estampado "Ah que saudades que tenho da aurora da minha vida, da minha infância querida que os anos não trazem mais". Que saudade um cara que nem ele pode ter dos anos que poderiam ser incríveis e base da vida dele se isso tudo foi roubado pela compulsão do pai pelo sucesso??
Eu não sou fã dele porque não vivi os anos 80, infelizmente, mas sei a grande importância que ele teve e o admiro. Não vou me livrar do inferno por ter dito que ele morreu porque comeu criancinha estragada, mas não dá pra ser sério o tempo inteiro ne? Eu sou feliz, eu tive infância e não tenho fama.
Pronto, filosofei

Niniluz said...

O Rei morreu... voltou a ser humano. O trono está vazio....

PotiJr said...

Cara, o que mais me bateu sempre em relação ao MJ foi justamente isso, muita pena dele pela vida que foi obrigado a viver. Sem infância, com muita cobrança da mídia e daquele FDP do pai dele. A Broke Shields falou tudo. Eles se divertiam muito e brincavam muito como crianças. Sendo as crianças que não foram...
Aquele abraço.